segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Sonhos de Inverno e os Rios da Alma

Imagem de Bárbara Elias
Caí num poço sem fundo
Engoliu-me o vazio e a alma partiu em busca de outros sóis
No invisível, mostro-me ao que está ao alcance de uma mão
Um sonho parado no meio do Inverno

O frio congela-me os pensamentos livres
Ouvem-se serenatas roucas do fundo do mar
Afundaram-se os sonhos
Jazem junto às marés que se entregaram de mãos vazias

Um novo horizonte, uma gota no meio do oceano
Afoga-se na corrente morna dos rios que correm
Uma prece num sorriso a boiar
Um palco distante onde me arrasto para aprender a dançar

Descubro-me nos caminhos alagados
Nos remoinhos que afundam os rios do mundo
E solto-me na aridez de um sonho solto
Que se encosta ás margens de encontros casuais

E a alma...fonte inatingível
Jorra lágrimas correntes na linhagem habitual
Sabores conjugados, sentires afogados
Encantos e desencantos, sonhos fechados

O sol chora, acorda os picos entrelaçados
E os corpos desfilam na subtil indiferença dos mundos
Os mares extinguem-se nos oceanos de uma lágrima
Que se recolhe até à chegada das novas eras….

3 comentários:

CelyLua - O blog das Letras disse...

Grandiosa poeta Dolores,
Adorei conhecer teu belíssimo blog...seus textos são fantásticos!
Hoje escolhi este para honradamente deixar meu humildemente comentário pra ti.
Querida poeta, tua essência estar presente em todos fragmentos...és profunda nas palavras... uma declaração de encontros de versos perfeitos. Parabéns e sucessos!
Deus abençoe tua vida infinitamente.
Minha reverencia pra ti será eterna.
Desejo pra você um “FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!”
Bjss no coração,rs,r
Carinhosamente,

Cely Cavalcanti, mais uma fã para teu maravilhoso blog.

Conceição Bernardino disse...

Olá
Melhor do que todos os presentes em baixo da árvore de natal é a presença de uma família feliz. Ainda que se percam outras coisas ao longo dos anos, mantenhamos o Natal como algo brilhante. …. Regressemos a nossa fé infantil.
(Grace Noll Crowell) Beijo
Conceição Bernardino

Haere Mai disse...

BOAS FESTAS
..........._
...........{_}
......... /......\\\\
........ /........\\\\
....... /_____\\\\
.... {`______`}
....././..o....o..\\\\.\\\\
...(....(__O__)...)
...{.........u....`-“}
... {..................}
.... /{..............}\\\\
... /....“............“...\\\\
.. /_/......`“`.....\\\\_\\\\
{__}##[ ]##{__}
.(_/\\\\________/\\\\_)
.......|___|___|
...........|--|--|
........(__)`(__) HO , HO, HO
BEIJO AZUL