segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Por Mim...

Por mim…
Suspendo o tempo
Varro as memórias
Da alma
E digo-te
Sim, porque sim

Viajo no teu silêncio
E sinto-te
Assim…
Rio que circundas
As margens
De mim

O sol aporta na lua
Focam-se as estrelas
Em mim…
É um gosto
Sentir-me na lua
Ser…antes do fim

Sem comentários: