quinta-feira, 14 de Outubro de 2010

Fruto proibido


(imagem google)

*
O meu olhar vai de encontro ao teu.
se gostares de me sentir assim
então eu encontro-me entre uma dimensão e outra
e se o fruto proibido cair da árvore
antes de eu cá chegar
então que me aguarde
para eu saber do tamanho do meu gostar

1 comentário:

Clarisse Silva disse...

A dicotomia entre aquilo que somos? Seres espirituais nos corpos carnais. O querer viajar a outras dimensões e ao mesmo tempo provar do que a carne tem de bom para vivermos?! Somos antes a primeira, mas gozamos do pleno direito de usarmos a segunda que nos foi dada ao nascer aqui. Será alguma coisa disto, ou viajei para outra direcção?! (se for não me importo de estar errada, sou humana, looool)
Beijo,
Clarisse