sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Poetas


(Foto de minha autoria)
*
quis tanto dizer-vos o quanto vos quero muito
mas sempre que vos via passar na minha rua
a minha voz soluçava tanto
ficando aquém do meu querer dizer...tudo
*
(feria-me por dentro)
*
as feridas que sangram no meu peito
estão assim acomodadas
já foram vossa pertença
mas agora
aspiram sair para o lado de fora do mundo
são meras fantasias criadas
à semelhança dos sonhos cristalizados
*
antigos amantes das palavras
um enlace perfeito
as que nos dizem do mundo
da vida
do sonho
do amor
e da amizade...
*
será que pretendem ficar do lado de dentro
ou do lado de fora do meu peito?

4 comentários:

Angela Ladeiro disse...

...do lado de dentro...Olá amiga, sempre bem inspirada. Um beijo

Luis F disse...

Amiga... mais um lindo momento.

Como sempre as tuas palavras, carregam sentimento e perfume digno da história da poesia.

Bjs
Luis

porques,praques disse...

Belo!
Não é segrdo que aprecio muito tudo
que escreves. Cada emoção que nos proporciona à cada leitura.
Obrigada! Beijo

VÓNY FERREIRA disse...

Este poema é belíssimo, Dolores.
Muito, muito bonito.
Beijo
Vóny Ferreira