sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O Brilho das Estrelas (P/mim)

O que nos move?
É este amor imenso á palavra escrita
É esta capacidade que temos
em acalmar a desdita.
É este mergulho intenso no desconhecido
É esta coragem imensa de descrever o sentido.
Não é a busca da fama ou da glória,
Não é o matar o tempo com relatos da memória.
É entrar no mundo da emoções da cada um

É tentar acalmar a dor da vida
das alegrias,
das tristezas,
e quem sabe do amor.

Não é a oferta do pão que vai matar a fome,
Não a denuncia das fraquezas de cada homem.
É levar a paz e a esperança aos corações em sofrimento
É trasmitir um pouco de luz
ás almas em desalento

É este caminho errante que nos leva á espiritualidade
É a angustia gritante que nos fala da saudade.
Não é só falar dos prazeres da vida terrena.
Não é só perfumar o corpo com cheiros de alfazema
É esta vontade de ir mais além
que este efémero corpo

É atravessar para lá da margem
que nos leve a bom porto.
É encontrar emfim aquelas pálidas centelhas
que brilham no sereno
MUNDO DAS ESTRELAS.
*
SÃO03-03-2009 (Agradeço à minha amiga esta homenagem)

1 comentário:

São disse...

Dolores.

Foi uma surpresa reencontrar aqui este texto.

Este foi o começo de tudo,outros textos vieram,outras interpretações,mas sempre com a mesma capacidade,a mesma generosidade de compreender as palavras e sentido delas.

Beijo